DPZ - Péssima! | Glassdoor.com.br
  1. "Péssima!"

    EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela
    • Qualidade de vida
    • Cultura e valores
    • Oportunidades de carreira
    • Remuneração e benefícios
    Gerente De Mídia em São Paulo, São Paulo
    Não recomenda

    Trabalha na DPZ em

    Prós

    Clientes, possibilidades para desenvolver projetos especiais. A agência tem nome, o escritório é muito bonito e possui iniciativas interessantes.

    Contras

    Má administração, gestão fraca, líderes ruins, mal condução da demanda e muita politicagem com veículos. Tudo fica somente no ppt, não aplicam o que se comprometem, não ajustam diferenças salariais, a lucratividade vem antes do crescimento do cliente.

    DPZ2018-05-09

Outras avaliações de funcionários

  1. "Gosto muito"

    EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela
    • Qualidade de vida
    • Cultura e valores
    • Oportunidades de carreira
    • Remuneração e benefícios
    • Alta liderança
    Estagiário atual - Estagiário sigiloso 
    Recomenda
    Perspectiva positiva

    Trabalha na DPZ em

    Prós

    Uma agência que te da escolhas e te faz sentir bem.

    Contras

    Uma agência muito tradicional para o que estamos vivendo.

    DPZ2019-07-17
  2. "Estabilidade, mas criativamente limitada"

    EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela
    • Qualidade de vida
    • Cultura e valores
    • Oportunidades de carreira
    • Remuneração e benefícios
    • Alta liderança
    Funcionário atual - Redator em São Paulo, São Paulo
    Recomenda
    Perspectiva neutra

    Trabalha na DPZ em período integral

    Prós

    Remuneração dentro dos padrões, boas vantagens como CLT, como Gympass, VT, VR, plano de saúde Omint, apoio financeiro em cursos extracurriculares. Pessoas talentosas trabalhando nas equipes e grandes clientes.

    Contras

    Na parte de criação, só saem dois tipos de campanhas: filme ou print. De resto, nada. Por dentro, as equipes entram motivadas pelos grandes clientes e pela qualidade dos trabalhos que vão para a rua, por outro lado, se desmotivam rapidamente com ideias proativas ou diferentes/digitais que nunca saem, não recebem feedback e entram em um limbo. Prêmio? Contrararam recentemente duplas premiadas em Cannes, mas não... inscrevem nada. A não ser que você seja muito sênior, então inscrevem qualquer coisa que você fizer para te motivar por politicagem. Para quem é criativo e mais júnior, dificilmente consegue emplacar algo. Para quem é mais sênior, é muito mais vantajoso.

    Mostrar mais

    Conselho à presidência

    Publicidade é fábrica de ideias. Para manter os funcionários motivados a fazerem trabalhos cada vez mais ambiciosos, é preciso estimular a ambição deles. Prêmios não são "coisa dos anos 90", como você mesmo já disse. Concorrer em um prêmio é estimular que todos desafiem os seus limites para criar sempre algo nunca visto antes, se você não inscreve, você desistimula e essa é uma agência grande. Ah, você não gosta de... prêmios? Tudo bem, mas para lidar e trabalhar com diferentes áreas da agência é preciso entendê-las e saber trabalhar com os diferentes setores. Nenhum esportista se esforça para quebrar um recorde mundial se um técnico disser que ele não vai disputar uma olimpíada. Há jeitos mais modernos de trabalhar o dia a dia criando coisas criativas, como faz a Droga 5, Forsman & Bodenfors, W+K Portland, etc, que são modelos de agências no mundo atual. Não é preciso parar a agência para criar prêmio, isso sim é coisa dos anos 90, mas você entender como estimula uma das áreas mais importantes da agência é fundamental, mesmo que sua base venha do atendimento. Uma agência desse tamanho precisa disso para sobreviver com grandes contas e para segurar os talentos que possui.

    Mostrar mais
    DPZ2019-07-26

Descobrir mais avaliações da DPZ.