Conquiste o emprego, Dicas de currículo

6 habilidades que os recrutadores não querem ver no seu CV

O currículo deve ser um documento que reúne informações relevantes sobre sua formação e sua trajetória profissional, muitas vezes sendo o primeiro contato entre você e o recrutador.

Sabendo que, às vezes, centenas de currículos são analisados para uma única vaga, o ideal é que o documento seja sucinto, atendendo exatamente àquilo que o recrutador deseja saber sobre os candidatos.

Dentro das possibilidades do que pode ser adicionado em seu CV estão suas habilidades e proficiências. Mas, embora possa lhe parecer uma boa ideia listar tudo o que for possível, nem todas as suas qualidades são interessantes para quem lê. Saiba quais são e entenda os motivos:

Pontualidade

Seja franco: você contrataria alguém que não cumpre prazos? A pontualidade é algo que o recrutador já espera de qualquer profissional. Por não se tratar de um diferencial, não precisa ser apontado em seu currículo – existem outros elementos mais importantes para tomar o espaço dessa informação.

Se for necessário, esse assunto será abordado durante a entrevista.

Organização

A falta de organização pode levar a erros básicos, causando pequenos conflitos no dia a dia ou acabando com todo um projeto da empresa. Mais uma vez, essa é uma característica necessária para todos os profissionais do mercado, o que a torna desnecessária no currículo.

Mas, durante a entrevista, o recrutador pode acabar questionando sobre a forma como você se organiza ou pedindo um exemplo de quando precisou lidar com muitas coisas e planejar como executar todas elas. Esteja preparado!

Proatividade

O “sentimento de dono” está cada vez mais sendo cobrado pelas empresas na hora de contratar um novo funcionário. Tal atitude tem a ver com tratar seu trabalho com muita responsabilidade e ser proativo em resolver problemas, conflitos e propor novas soluções.

Essa é uma característica interessante para se contar durante uma entrevista, principalmente ilustrando com algo que você tenha feito em experiências anteriores e que explicitem bem a sua proatividade. Sendo assim, você pode dispensar a palavra de seu currículo, já que ela fica muito vaga sem uma história para contar.

Facilidade de trabalhar em equipe

Novamente, trabalhar bem em equipe é uma característica essencial para um bom profissional, principalmente em empresas que adotam um estilo mais ágil e um fluxo de trabalho que integra pessoas e equipes. Pergunte a si mesmo se essa facilidade realmente tem valor em seu currículo ou parece que está ali só para ocupar um vazio.

Digitação ou pacote Office

Saber utilizar ferramentas básicas como o e-mail e o pacote Office nem aparece mais como requisito na maioria das vagas. Entende-se que, com o mundo cada vez mais integrado com o digital, a maioria dos profissionais já possui familiaridade com atividades relacionadas. Pense na necessidade de ter essa informação em seu documento!

Boa comunicação

Se a vaga para a qual você está se candidatando não tiver contato direto com o público, como um agente de vendas, por exemplo, essa é uma característica que ficará bem clara para o recrutador durante a entrevista de emprego. Ou seja, se não for um critério para a oportunidade, não precisa existir em seu currículo.

Vale lembrar que essas são dicas gerais e que, em casos específicos, pode ser estratégico adicionar alguma das habilidades aqui citadas em seu currículo!


Desejamos sucesso em sua busca pelo emprego. Continue navegando no nosso blog para ler mais sobre como conquistar a oportunidade ideal, construir boas relações e gerenciar a sua carreira.