Cresça profissionalmente, Gerencie sua carreira

Como um ‘friozinho na barriga’ pode ser bom para a sua carreira

Você já ficou nervoso a ponto de suas mãos suarem? Ou talvez tenha ficado até nauseado antes de apresentar um projeto no trabalho? Esse tipo de sensação que nos faz querer roer as unhas pode ser assustadora. Mas também pode ser um ótimo sinal de crescimento profissional.

Embora possam ser um prato cheio para a ansiedade, aquelas tarefas desafiadoras, que estão acima do seu nível de conhecimento ou habilidade, também apresentam oportunidades únicas. É importante aceitar desafios e sair da zona de conforto para atingir novos patamares – e aceitar o nervosismo como forma de encorajamento é um ótimo caminho.

Sentir aquele “friozinho na barriga” de vez em quando é um sinal saudável de que você está se desafiando com oportunidades de expandir suas habilidades técnicas, pessoais e até de gerenciamento.

Está pronto para subir um degrau na sua carreira? Aqui estão alguns conselhos de como aproveitar as atividades certas para seu crescimento profissional:  

1. Conheça bem a empresa e seu chefe

Antes de se dispôr a executar uma tarefa fora da sua zona de conforto, você precisa ter total clareza sobre a empresa em que trabalha e o tipo de chefe que tem. Líderes costumam defender o aprendizado e desenvolvimento de seus funcionários, mas ainda assim podem ser resistentes em aceitar ideias diferentes ou designar tarefas que fujam do que você está acostumado.

2. Saiba escolher tarefas realmente desafiadoras

Faça uma boa análise ao buscar trabalho extra para crescer profissionalmente. Por mais que você queira ser o curinga da equipe, é importante escolher bem as tarefas que deseja assumir e pensar nos resultados e consequências que elas podem trazer. Entenda o nível de relevância e dificuldade de cada atividade, além do impacto que elas podem ter no seu desenvolvimento. Executar uma tarefa realmente desafiadora pode trazer mais benefícios do que dezenas de tarefas de baixo impacto.

3. Tire proveito de cada aspecto do processo

Ao assumir uma nova responsabilidade, encare cada etapa como uma oportunidade para demonstrar competência e adquirir conhecimento. Preste atenção aos detalhes, identifique pontos de melhora e registre seus aprendizados. É comum que as maiores dificuldades se tornem ótimas fontes de crescimento e, se bem aproveitadas, abram portas para futuras promoções ou aumentos.

4. Não deixe que os obstáculos te desanimem

Como em qualquer situação, você estará sujeito a problemas e contratempos – uma meta não alcançada, um relatório incompleto ou uma apresentação desastrosa. O segredo é minimizar esses erros, aprender a partir da experiência e manter uma atitude positiva. Lembre-se de que um dos principais motivos para escolher uma tarefa desafiadora é demonstrar que você é capaz de superar as dificuldades e crescer a partir delas. Assim, os problemas vão funcionar como combustível e não como barreira.

5. Não ultrapasse seus limites

Há uma grande diferença entre buscar projetos enriquecedores e simplesmente assumir responsabilidades pelos seus colegas. Ainda que oferecer ajuda extra seja um sinal de companheirismo, não deixe que isso tire seu foco ou te desgaste excessivamente. A falta de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal pode se tornar um grande problema e afetar sua produtividade e motivação ao longo do tempo. Seja transparente quando precisar recusar alguma atividade e preze pelo seu próprio bem-estar.

Mesmo sem assumir projetos mirabolantes, você ainda pode servir de inspiração a outros. Sua empresa pode se beneficiar de novas ideias e sugestões, então não deixe de compartilhar o que está na sua cabeça. Use o “friozinho na barriga” a seu favor e saia da sua zona de conforto para crescer na carreira.