Encontre o emprego, Melhores empresas

Por que a ThoughtWorks é a empresa mais amada do Brasil pelo segundo ano consecutivo

Por que a ThoughtWorks é a empresa mais amada do Brasil pelo segundo ano consecutivo

O ranking 2019 das Empresas Mais Amadas do Love Mondays traz um feito inédito: a ThoughtWorks, primeiro lugar em 2018, aparece pela segunda vez consecutiva no topo da lista. Cultura, coletividade e diversidade são os fatores que contribuem para que a empresa seja novamente a mais amada do Brasil.

Em sua quarta edição, o ranking mostra os ambientes de trabalho mais amados pelos funcionários, levando em consideração a nota média de satisfação geral atribuída pelos usuários da plataforma. Nesta edição, foram consideradas mais de 153 mil avaliações.

A vencedora de 2019 se define como uma consultoria de tecnologia e desenvolvimento de software e uma comunidade de pessoas apaixonadas e guiadas por propósitos. “Temos uma cultura peculiar constituída por nossos pilares de sustentabilidade financeira, excelência tecnológica e justiça social e econômica e por elementos fundamentais como integridade, aptidão, atitude e a priorização do coletivo diante do individual”, explica Natália Menhem, Head de Marketing da ThoughtWorks.

O apoio à diversidade é levado a sério com ações concretas: em 2018, como resultado de uma construção coletiva, foi realizado o primeiro ano da iniciativa Enegrecer a Tecnologia, que tem como foco melhorar o recrutamento, representatividade e reconhecimento de pessoas negras na empresa. Também foi implementado o Transpondo Barreiras, benefício que apoia o tratamento hormonal de funcionários trans.

Por que a ThoughtWorks é a empresa mais amada do Brasil pelo segundo ano consecutivo

Melhoria contínua

Além da forte cultura, amplamente reconhecida pelos funcionários (a empresa está com nota 4,7 no quesito, de acordo com a média de avaliações na Love Mondays), as amplas possibilidades de aprendizado e de se envolver em projetos coletivos envolvendo diferentes departamentos são fatores que se destacam. “Há dois anos, vimos nosso modelo de revisão salarial ser reformulado com apoio de pessoas interessadas pelo processo, independente de serem pessoas das áreas responsáveis por isso”, exemplifica Natália.

Como é de se esperar, o fit cultural é levado a sério nos processos seletivos da ThoughtWorks. “Entendemos que o processo de trazer novas pessoas para a empresa é tão estratégico quanto a conquista de novos clientes, e extremamente crítico para a manutenção e desenvolvimento de nossa cultura. Dessa forma, nosso processo seletivo procura fazer mais do que simplesmente selecionar pessoas. Buscamos, além de conhecê-las, proporcionar a elas uma experiência positiva, fazendo com que se sintam desafiadas e motivadas ao longo do processo”, explica a profissional.

A empresa acredita que seu maior diferencial, no entanto, seja a mentalidade de melhoria contínua. “Sabemos que sempre temos algo para melhorar e estamos abertas para priorizar e construir esses caminhos junto às pessoas da empresa”, completa.

Por que a ThoughtWorks é a empresa mais amada do Brasil pelo segundo ano consecutivo

O ranking

Criado em 2016, o ranking da Love Mondays é composto por duas listas: as 50 Grandes Empresas Mais Amadas e as 30 PMEs Mais Amadas. Para ser elegível ao ranking das grandes empresas, é preciso ter mais de 500 funcionários globalmente e somar pelo menos 50 avaliações entre 1º de janeiro e 30 de novembro de 2018; para as PMEs, são consideradas empresas com até 500 funcionários e o número mínimo exigido é de 15 avaliações no período.

Para chegar aos ambientes de trabalho mais amados, considera-se a nota média de satisfação geral no Love Mondays, que vai de 1 a 5, sendo 1 muito insatisfeito e 5 muito satisfeito.


Quer conhecer quais são as empresas mais amadas do Brasil? Clique aqui e confira o ranking completo.