Employee experience

Ações de employee experience: aumente o desempenho dos colaboradores

Sala de jogos, pufes e sofás confortáveis, decoração criativa e ambiente harmonioso. Investir em ações de employee experience é muito mais que apenas ter um local de trabalho descontraído. É uma abordagem humanizada que resulta em crescimentos e lucro para as empresas. Isso com certeza chamou a sua atenção! Afinal, todos nós queremos uma maior lucratividade.

Uma boa parcela das companhias estão se esforçando para aumentar a experiência positiva dos usuários, adotando medidas para que eles tenham uma vivência agradável e boas recordações. Isso aumenta as possibilidades de fidelizá-los e torná-los embaixadores da sua marca.

Mas e a experiência do funcionário? Pensando nisso, conversamos com a Xerpa para reunir nesse artigo ações práticas de employee experience que você pode aplicar no cotidiano da sua empresa:

 

Employee experience: o que é

Livremente traduzido, employee experience é a experiência do empregado e faz parte de uma estratégia de gestão, dentro das companhias. Abrange um conjunto de ações e esforços que objetivam garantir uma vivência positiva de trabalho, o bem estar e uma maior satisfação dos colaboradores.

Essa experiência é a soma de tudo que ele vivencia por meio de sua conexão com a empresa, desde o primeiro contato até o fim do vínculo empregatício. Mas isso vai muito além de projetar um ambiente de trabalho descontraído. Envolve valorização, reconhecimento, autonomia, confiança e aprendizagem e deve ser planejado com ações de longo prazo.

Para ser capaz de oferecer isso, é fundamental que a empresa tenha, entre outros fatores, objetivos claros, ambiente favorável ao crescimento e liderança inspiradora.
Estamos vivendo a era da experiência. E muitas empresas já perceberam que cliente feliz é sinônimo de retenção, boca a boca positivo e lucro!

O que muitos ainda não entenderam é que se queremos que nossos clientes tenham a melhor vivência possível em relação à nossa marca, é fundamental que a experiência interna seja de igual qualidade.

Isso tem mesmo relação? Sim!

Importância do employee experience

A busca incansável para obter resultados positivos imprime uma imensa pressão na equipe interna, em todos os setores. Colaboradores são diariamente cobrados e responsabilizados pelo sucesso e, principalmente, fracasso da empresa.

Mas eles são a base de um negócio bem sucedido. Se eles não trabalham bem, os resultados não agradam à alta gestão. Portanto, não basta apenas olhar para o que o consumidor deseja. É preciso, antes de tudo, cuidar da sua equipe.

Pare alguns minutinhos para pensar. Você incentiva a inovação dentro da sua empresa? Ouve a sua equipe? Você reconhece os esforços e conquistas dos seus colaboradores?
Se a sua única preocupação é o resultado financeiro no final do mês, chegou a hora de rever seus conceitos.

Cinco ações de employee experience

Agora que você já entendeu o que é o employee experience e a sua importância no sucesso e resultados da empresa, chegou a hora de conhecer algumas ações estratégicas para promover a melhor experiência do seu colaborador e deixá-lo satisfeito de trabalhar na sua empresa;

Em primeiro lugar, é preciso conhecer os membros da sua equipe. Entender um pouco sobre cada colaborador, qual a sua função, suas atividades dentro da empresa, importância nas decisões do negócio e, claro, alguns aspectos pessoais.

Reconhecer as diferenças existentes entre os colaboradores é o primeiro passo para traçar boas ações de employee experience.

Veja por onde começar:

1. Solicite e implemente o feedback dos funcionários

Para saber como melhorar a experiência e satisfação dos colaboradores, o principal recurso que você tem à sua disposição é o feedback dos próprios colaboradores.

De forma clara e objetiva, não hesite em perguntar o que funciona ou não dentro da empresa, quais são os pontos fortes e fracos, entre outras questões. Enviar pesquisas de engajamento também auxilia no processo de descoberta.

Mas a ação não morre por aí. Use esses indicativos para investir em melhorias no ambiente organizacional, atendendo aos questionamentos pertinentes. Isso demonstra que os gestores estão preocupados, efetivamente, com os colaboradores e que suas vozes estão sendo ouvidas.

Para que esta ação tenha resultados positivos é recomendado realizar essas pesquisas periodicamente e não de forma anual.

2. Trate os colaboradores da mesma forma que trata seus clientes mais valiosos

Pode parecer repetitivo, mas essa estratégia é de altíssima relevância. Empresas que investem pesado na experiência dos funcionários aumentam significativamente os resultados, o lucro e a satisfação dos clientes.

Se você já conhece bem sua equipe e tem um feedback periódico, já tem em mãos informações importantes atender aos anseios dos colaboradores.

Mapear a jornada dos colaboradores também pode ajudar a entender melhor quais são suas necessidades e perceber quais ações podem ter melhor impacto.

3. Ofereça um ambiente de crescimento e valorização

O salário deixou de ser o principal fator analisado em uma proposta de emprego. Atualmente, fatores como valorização da mão de obra, possibilidade de crescimento, ambiente de trabalho, autonomia e desafios pesam muito na decisão.

Empresas que não são capazes de encorajar seus colaboradores e despertar o desejo de darem o melhor que podem, dificilmente vão aparecer na lista de melhores empresas para se trabalhar.

Para melhorar a employee experience, gestores devem assumir o papel de mentores, incentivando suas equipes a buscar o desenvolvimento e crescimento profissional e pessoal, por meio de resolução de desafios, cursos de atualização, palestras, etc.

O ambiente favorável, descontraído e amigável também conta muitos pontos para uma boa experiência.

4. Reconheça as contribuições e realizações

Reconhecer algo que realmente bom ou que tenha causado impacto positivo no negócio é indispensável.

Todo mundo gosta de ser reconhecido por suas ações e contribuições. E quando isso acontece a satisfação pelo reconhecimento do esforço é tanta que motiva a continuar por esse caminho de bons resultados.

E nem sempre é preciso oferecer benefícios grandiosos, como participação nos lucros. Um simples elogio inesperado para aquele trabalho bem feito é capaz de impactar positivamente o orgulho e satisfação do colaborador.

Quanto mais motivados e reconhecidos os colaboradores se sentem, maior é a vontade de fortalecer empresa.

5. Ofereça flexibilidade

Uma das coisas mais desanimadoras em um ambiente de trabalho é ter um superior que controla cada minuto do seu dia. Confie no seu funcionário e deixo-o livre para produzir.

Se hoje ele trabalhou apenas seis horas, pois estava se sentindo pouco produtivo, amanhã ele pode ser que ele trabalhe 10 por estar mais descansado e tranquilo.

Oferecer flexibilidade é amadurecer, desafiar e aumentar a responsabilidade do seu colaborador. É mostrar que você confia na capacidade dele apresentar bons resultados.
Isso ajuda a tornar o ambiente mais produtivo e aumentar a lealdade dos colaboradores.

O princípio básico da employee experience é projetar um lugar no qual os funcionários tenham o prazer de trabalhar. Pois quando eles se sentem à vontade, tendem a trabalhar mais e motivar outros grandes talentos.

Mais uma vez, vale lembrar: acolher, tratar bem e reconhecer os esforços dos colaboradores aumenta significativamente os resultados da empresa. E não falamos isso da boca para fora.

A Harvard Business Review publicou uma pesquisa que aponta que empresas que adotam o employee experience são quatro vezes mais lucrativas do que as que não estão preocupadas com seus funcionários.

Portanto, profissionais do RH, prestem bem atenção nas dicas que acabamos de dar. Vocês são fundamentais em todo o processo de implementação das melhorias e continuidade. Do início ao fim todas as estratégias passam pelo setor e devem ser bem estruturados e acompanhados!
Então, comece a implementar ações de employee experience. Elas oferecem resultados!

 

Artigo produzido por Xerpa, que tem como missão ajudar empresas e pessoas a alcançarem os resultados que desejarem, sem impeditivos como a burocracia ou processos ineficientes.