Conquiste o emprego, Dicas de entrevista

5 qualidades para se destacar em processos seletivos

Todos têm o mesmo objetivo quando se trata de conseguir o emprego ideal: se destacar no processo seletivo como o melhor candidato. Com tantas pessoas competindo por uma mesma vaga e com qualidades e habilidades técnicas semelhantes, pode ficar difícil para o recrutador tomar uma decisão de contratação.

Esse jogo vira quando você percebe que existem características (que muitos candidatos não enxergam) poderosas o suficiente para fazer com que você se destaque em um processo seletivo. Para te ajudar com isso, levantamos cinco qualidades que fazem os olhos dos recrutadores brilharem. Aprenda a como mostrar isso nas entrevistas:

1. Integridade

Integridade é uma qualidade necessária para ser bem sucedido dentro e fora do ambiente. No trabalho, isso significa assumir responsabilidades de qualquer situação – principalmente quando algo não acontece como o planejado. Erros acontecem e quanto mais cedo você sinaliza, mais rápido consegue resolver e aprender com a situação.

Você pode demonstrar essa qualidade não sentindo medo de falar sobre defeitos ou erros cometidos no passado. No fim das contas, os recrutadores não procuram por perfeição, mas sim por alguém confiável para entregar tarefas propostas e alguém que queira crescer com a empresa. Existe um motivo pelo qual a pergunta “conte sobre uma situação em que você falhou” ser uma das mais comuns em processos seletivos e a dica para responder ela é focar na solução, não no problema. Use isso como uma oportunidade não só de mostrar que você é íntegro, mas que sabe dar a volta por cima.

2. Liderança

Fazer parte de um time bem sucedido é uma coisa, ser a pessoa que conduziu esse time é outra completamente diferente. Todo recrutador valoriza funcionários que consegue inspirar e liderar outras pessoas para atingir objetivos de negócio. Mesmo que  você não esteja concorrendo para uma vaga de gestor, esse senso de coletividade e a capacidade de engajar será cobrada de você.

Como mostrar sua presença como líder, vá além do “espírito de equipe” e das “habilidades de liderança” descritos no seu currículo. Você precisa trazer algo mais factível contando uma história, compartilhando um pensamento ou um caso interessante que você leva consigo como referência. Sempre que possível, use dados numéricos para exemplificar esse assunto!

Saiba como impressionar o recrutador em uma entrevista de emprego

3. Fácil relacionamento

Você pode até ter alcançado grandes metas em sua empresa anterior, mas, se trabalhar com você não foi uma experiência muito agradável para seus colegas, as suas chances de conseguir o emprego dos seus sonhos podem ser mínimas. Cultivar bons relacionamentos por onde quer que você passe ajuda a construir uma boa reputação e uma rede consistente de networking. Lembre-se que, em mercados menores, grande parte dos profissionais se conhecem e entendem da carreira e trajetória de seus colegas.

Qualquer um pode mostrar simpatia em uma entrevista de emprego, mas, como mostrar para o recrutador que você uma pessoa tranquila para se relacionar? A resposta é simples: referências. Mesmo que a equipe recrutadora não te peça uma referência formal, ela pode vir em depoimentos em redes sociais profissionais ou indicações de atuais ou ex-funcionários. 

Conheça 7 dicas para causar uma boa impressão na entrevista de emprego

4. Flexibilidade

Um bom profissional deve ser flexível, seja qual for a sua área de atuação. Você deve mostrar que está preparado para assumir algumas demandas fora do escopo do seu trabalho, conseguir trabalhar com prazos modificáveis e vontade de assumir projetos diversos.

Como mostrar: às vezes, o ambiente de trabalho pode ser caótico e a empresa precisa de um profissional que consiga lidar com diversas rotinas e situações com resiliência. Por isso, esteja pronto para deixar isso claro em entrevistas de emprego que você consegue gerenciar diversas demandas, sempre com exemplos consistentes.

Para mostrar como você é um profissional adaptável, que tal contar a história de uma vez em que você precisou mudar sua rotina ou replanejar algo de última hora? Lembre-se de sempre puxar o assunto para o positivo, mesmo que o processo para atingir esse resultado positivo tenha sido um pouco estressante. O importante aqui é mostrar que você não é um profissional engessado ou uma máquina que somente consegue operar dentro de sua zona de conhecimento.

5. Aprendizado constante

A sensação de que um candidato parou no tempo e não possui mais vontade de continuar aprendendo é uma das piores que você pode causar em um recrutador. Não importa se você atingiu o auge da sua carreira em seus planos para sua vida profissional, sempre existirão coisas para serem aprendidas.

Mostre ao recrutador como você é um profissional que se importa com a progressão de seu conhecimento: diga aquilo que você quer aprender em seu novo emprego, mesmo que o cargo candidatado seja em nível de gerência ou diretoria. Ninguém deve ficar preso a antigos paradigmas de uma profissão: o que vai fazer você se destacar é a constante busca pelo novo.

Veja também: As 50 perguntas de entrevista de emprego mais comuns