Conquiste o emprego, Dicas de currículo

Como montar um currículo com base no que os recrutadores observam

Como montar um currículo conforme aquilo que recrutadores observam

Uma das maiores dúvidas na hora de montar um currículo é sobre como atender todos os pontos que os recrutadores analisam. Além de todas os requisitos necessários para a vaga, os profissionais de Recursos Humanos avaliam algumas características que muitos candidatos deixam passar despercebido.

Para sanar essa dúvida, nada melhor do que ouvir a opinião de profissionais do ramo. Por isso, convidamos Regiane Maioli, Analista de Recrutamento e Seleção da Atlas Quantum, e Karina Vasque, VP of People da Loggi para revelarem como montar um currículo conforme o que elas observam!

1. Formatação

Se a primeira impressão é a que fica, isso também vale para o currículo. Todas as informações do documento precisam estar otimizadas para a leitura do recrutador, segundo Regiane. Pense que esses profissionais analisam centenas de CVs diariamente e que o seu deve se destacar por conter informações limpas e de fácil entendimento. Sendo assim, preocupe-se com a estética quando for montar um currículo!

2. Palavras-chave

Incluir palavras chaves sobre suas experiências e habilidades não só ajudarão a leitura do recrutador, mas também de possíveis softwares que ajudam o RH a selecionar os melhores candidatos. Isso significa que seu CV pode ser descartado por simplesmente não conter um termo que seja importante para aquela vaga. “Um bom currículo tem a descrição das atividades que foram desenvolvidas nas outras experiências, utilizando-se de palavras-chaves que facilitam a leitura”, comenta Regiane.

Leia também: Carta de apresentação: como montar a sua e frases para te inspirar

3. Objetividade

Para Karina, o que faz um currículo ser realmente bom é a objetividade nas informações. “Quanto mais enxuto, organizado e objetivo, melhor. É bacana usar datas de entrada e saída das últimas experiências com mês e ano, e pontuar quais foram os maiores projetos e conquistas nas empresas anteriores.”

Seguindo esse conselho, você deve prezar por ser pontual nas informações, sem rodeios, oferecendo aquilo que é essencial para que o recrutador te identifique como um talento qualificado para a vaga.

4. Destaque no que faz o candidato forte

“Para vagas de estágio ou início de carreira, levamos em conta cursos e atividades extras que o candidato desenvolveu durante sua formação. Para vagas efetivas e gerenciais, focamos nos resultados atingidos e experiência para determinada função”, conta Karina sobre o que é avaliado na Loggi.

Isso significa que você deve destacar no seu currículo aquilo que te faz ser o candidato ideal e o que melhor conversa com o seu momento de carreira. Reflita sobre isso e sempre customize o seu CV com base na descrição da vaga.

5. Informações e textos

Nem muito, nem pouco. Isso é o que você precisa ponderar na hora de escrever o seu currículo. Tome cuidado para não adicionar textos longos demais para a leitura rápida do recrutador e não se esqueça de revisar o texto para eliminar erros gramaticais.