Uncategorized

Como conseguir o primeiro emprego: dicas para sua primeira oportunidade

Como conseguir o primeiro emprego: dicas para sua primeira oportunidade

A primeira oportunidade é um grande marco na vida profissional, permitindo que você comece a experimentar uma nova profissão e estruture um plano robusto para sua carreira. Entretanto, pode ser trabalhoso conseguir seu primeiro emprego, principalmente em áreas menos aquecidas do mercado. 

Seu primeiro emprego pode definir toda sua jornada profissional, seja por você acabar descobrindo atividades que te agradam, decidindo segmentar sua carreira para se especializar nelas, ou mesmo encontrando um nicho que te proporcione boas oportunidades. 

Seja em posição de estagiário ou em um cargo efetivo, conseguir um bom primeiro emprego pode ser uma tarefa complicada em áreas com poucas contratações. Felizmente, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para tornar essa busca descomplicada, fazendo com que a oportunidade ideal surja com uma boa proposta!

Descubra neste artigo como se organizar para conseguir sua primeira oportunidade profissional!

Quer trabalhar fora? Veja 5 empresas que oferecem oportunidades internacionais

Descubra por onde começar

Se você está na faculdade ou mesmo em um curso técnico, pode ser que as oportunidades de estágio sejam mais interessantes para o seu momento de carreira

Embora isso não seja exigência em algumas áreas, muitas delas exigem que os candidatos possuam um tempo de estágio para cargos efetivos ou de trainee. Então, se você ainda está na graduação ou no meio de um curso profissionalizante, nossa dica é começar a sua carreira encontrando uma boa oportunidade como estagiário

Se seu objetivo é realmente conseguir um emprego como efetivo, mesmo sem possuir experiências prévias no mercado de trabalho, pode ser que sua busca seja um pouco mais trabalhosa, mas ainda sim existem formas de você conquistar a primeira oportunidade sem experiência profissional. 

Comece organizando a forma como você se apresenta para o mercado 

Já que você não possui nenhuma experiência formal no mercado de trabalho, fica muito mais difícil de provar que você é um bom perfil para as oportunidades que você selecionar. Na verdade, esse é o grande desafio para quem está em busca de um primeiro emprego. 

Entretanto, lidar com essa falta de experiências pode ter uma solução mais fácil do que você imagina. Uma das saídas para resolver o problema é destacando o seu lado estudantil e não deixar de citar seus feitos pessoais.

1. Elabore bem o seu currículo

Essa dica não deve ser nenhuma surpresa, mas muitos candidatos que procuram o primeiro emprego acabam deixando de lado a tarefa de montar um currículo realmente poderoso. Lembre-se que você não possui grandes experiências mercadológicas para apresentar, então o documento deve ser criado com estratégias aplicadas para dar destaque a outros feitos em sua jornada.

Não hesite em adicionar atividades bacanas que você participou durante a faculdade (aqui vale trabalhos, empresa júnior, coletivo, centro acadêmico, atlética e tudo mais) ou mostrar que você participou de voluntariados. Em ambos os casos, seja descritivo e conte sobre o papel que você desempenhou e os frutos de seu esforço. 

Também vale a pena dar destaque para habilidades e competências que você adquiriu durante seus estudos ou de maneira autônoma. Por exemplo, se faz sentido para uma vaga saber manipular imagens em programas de edição e isso é algo que você pode saber, coloque no currículo! 

Se você quiser mais dicas de como elaborar um bom currículo para o seu primeiro emprego, clique aqui e confira nosso guia completo para se destacar!

Veja também: Como conseguir o primeiro estágio

2. Arrume seus perfis em redes profissionais

Hoje muitos recrutadores utilizam redes sociais, principalmente as com cunho profissional, para buscar talentos e se comunicar com os candidatos. Por isso, é preciso que você não fique de fora e marque uma boa presença nesses sites. 

Faça questão de montar um perfil completo, com todas as informações necessárias para que você seja encontrado e se mostre como um bom candidato para as oportunidades que você deseja conquistar. Vale lembrar que mesmo que sua candidatura seja feita por outro site, é bem provável que os recrutadores dêem uma olhadinha em seus perfis para conhecer mais sobre você.

3. Tenha atenção nas candidaturas e trocas de email

A forma como você se comunica com os recrutadores é um fator de grande importância no processo seletivo. Isso acaba contando ainda mais quando você não possui muitas experiências no mercado, pois você será avaliado por muitos outros quesitos para compensar a ausência de background mercadológico. 

Muitas pessoas acreditam que o estilo de comunicação revela muito sobre a personalidade das pessoas, então garanta que você está respondendo perguntas nos formulários de candidatura com um tom de voz que seja educado e simpático, mas que também transmita confiança e credibilidade. 

Também leve a sério as trocas de email: não demore para responder e tenha certeza que seu texto não possui nenhum tipo de erro gramatical antes de enviar alguma resposta.

5 dicas para turbinar seu currículo

Exercite o seu networking: é hora de conhecer pessoas e ativar contatos

A sua primeira oportunidade no mercado poderia ser muito facilitada com a ajuda de um contato. Essa pessoa pode tanto de indicar para vagas abertas na empresa onde ela trabalha, quanto destacar o seu perfil para outros profissionais que possuem vagas abertas em seus times. 

O networking é essencial em qualquer momento de carreira, mas é especialmente no começo que você deve correr atrás de conexões e conhecer profissionais interessantes que podem ser bons contatos no futuro.

1. Conecte-se com pessoas que já estão próximas a você

Se você está cursando algo, uma dica é começar a se conectar com as pessoas de sua sala, depois com seus professores e aí com outros alunos de sua instituição. Viu só a rede que você consegue criar apenas com pessoas que estudam no mesmo lugar que você?

2. Considere estar presente em mais eventos

Você também pode começar a frequentar eventos de sua área, principalmente os gratuitos, e não ter vergonha de abordar alguém para falar no meio do coffee break. Palestras, seminários, feiras e congressos podem ser oportunidades incríveis para se atualizar com o conteúdo e conhece gente nova!

Procure pelo primeiro emprego da maneira correta

Muitos candidatos em início de carreira pensam que a maneira mais correta de procurar pelo emprego é “atirando para todos os lados”. Entretanto, a quantidade de aplicações que você realiza não necessariamente significa qualidade

Seguindo essa prática, você pode acabar se candidatando a vagas que não fazem o menor sentido para seu momento de carreira ou que não possuem fit cultura com você, perdendo todo o tempo investido em formulários de candidatura e testes de perfil.

1. Consultando informações valiosas

Isso significa que existem pontos fundamentais que você deve observar antes de candidatar a uma vaga, sendo eles:

Existem pontos fundamentais para levar em conta antes de se candidatar a uma vaga, pois são eles que vão te ajudar a realizar um juízo de valores e decidir se a oportunidade realmente faz sentido para o profissional que você é. Sendo assim, observe:

  • A cultura da empresa
  • A opinião de funcionários
  • Benefícios oferecidos
  • Médias salariais para o cargo naquela empresa
  • Fotos do ambiente de trabalho

Com uma rápida consulta nessas informações, você pode acabar decidindo que uma oportunidade não combina tanto com você, ou pode descobrir que essa vaga se encaixa perfeitamente em seu perfil profissional!

Não se esqueça de também levar em conta todas as informações da descrição da vaga. Se uma empresa exige conhecimentos específicos que você ainda não possui, será que realmente faz sentido se candidatar?

2. Usando o Glassdoor para te ajudar a selecionar as melhores vagas

A experiência de busca e vagas do Glassdoor permite que você conheça um pouco sobre cada empresa contratante sem mudar de aba do navegador. 

Descubra avaliações feitas por funcionários, sempre de maneira sigilosa e espontânea, que contam como é trabalhar naquele ambiente de trabalho. Veja prós e contras e classificações segmentadas sobre cultura e valores, oportunidades de carreira, qualidade de vida e outras métricas relevantes para sua escolha.

3. Otimizando o seu tempo da busca pelo primeiro emprego

Agora que você sabe como buscar vagas de maneira assertiva, sem perder tempo com aquelas que não fazem o menor sentido para seu momento de carreira e perfil profissional, você pode investir seu tempo ganho aprimorando habilidades e procurando novos conhecimentos que vão te ajudar a conquistar o primeiro emprego.

Que tal buscar por cursos gratuitos sobre a sua profissão? Ou consumir conteúdos feitos por profissionais da área a respeito do mercado, suas tendências e o que está acontecendo de mais relevante dentro do cenário?

Desejamos sucesso em sua busca pela primeira oportunidade no mercado! Continue no nosso blog para ler mais guias como esse.